Ativistas entraram em navio com o intuito de impedir a pesca de baleias. Veja o vídeo

selo

A Austrália pediu para que o governo do Japão liberte três ativistas que lutam contra a pesca de baleias detidos por um navio japonês após invadi-lo.

Eles entraram ilegalmente no baleeiro no domingo. O barco já estava em águas internacionais, a oeste da costa australiana.

Os ativistas podem estar sujeitos às leis japonesas.

Leia mais:
Sea Shepherd obstrui baleeiro japonês nas águas da Antártida
Japão encerra mais cedo a caça às baleias após ação de ativistas

Austrália denunciará Japão ao Tribunal de Haia por caça de baleias
América Latina pede ao Japão que pare com caça científica de baleias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.