Ativistas do Greenpeace escalam edifício do Tesouro em Londres

Organização pede a criação de banco dedicado ao financiamento de projetos ambientais

EFE |

AFP
"Lembre George, Banco Ambiental = Mais Trabalho": Greenpeace pede que ministro crie banco para financiamento de projetos ambientais no Reino Unido
Quatro ativistas da organização Greenpeace escalaram hoje (19) o edifício do Tesouro em Londres, sede central do Ministério de Economia do Reino Unido, para pedir ao Governo britânico a criação de um "banco ambiental".

O Greenpeace informou que os ativistas escalaram o edifício - às 3h (horário de Brasília) - para estender um cartaz com os seguintes dizeres: "Lembre George, Banco Ambiental = Mais Trabalho".

A mensagem é destinada ao ministro da Economia, George Osborne, que, segundo o Greenpeace, considerou a possibilidade de criar um banco dedicado unicamente a financiar projetos ambientais.

Uma das ativistas, Emma Gibson, manifestou que "é uma mensagem gigante para o chanceler do Exchequer, pedindo-lhe que invista em um banco ambiental, porque a instituição vai criar dezenas de milhares de empregos, no marco de seu plano de revisão dos gastos públicos".

Osborne apresentará amanhã perante o Parlamento os detalhes do programa de cortes de gastos com o qual o Governo quer economizar cerca de 90 bilhões de euros do orçamento público.

    Leia tudo sobre: greenpeacebanco ambiental

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG