Apreendidas toneladas de peixes tirados do Rio Tietê

Apreensão de caminhão ocorreu horas antes do início do defeso

AE |

selo

Mais de duas toneladas de peixes de várias espécies capturadas no Rio Tietê foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental no final da noite de ontem, no município de Anhembi (SP). A apreensão ocorreu horas antes de ter início o defeso - um conjunto de restrições à pesca por causa da piracema, período de reprodução das espécies.

Os policiais abordaram o caminhão numa rodovia da região. Ao verificar a carga, eles constataram que exemplares de algumas espécies como corimbatá, piava e corvina eram de pequeno porte, em desacordo com a legislação. A forma de transporte também estava irregular. O pescado seria comercializado na capital.

O condutor foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Anhembi e recebeu multa no valor de R$ 2,05 milhões. Ele poderá entrar com recurso. Os peixes apreendidos foram entregues ao zoológico de Piracicaba e serviriam de alimento para os animais. O período da pesca controlada, em razão da piracema, começou hoje e vai até o dia 28 de fevereiro.

Na região de Anhembi, centenas de pescadores profissionais vivem da pesca no Rio Tietê. Durante a piracema, a pesca embarcada, com redes, é proibida em toda a extensão do lago formado pela barragem de Barra Bonita. Também não se pode pescar com qualquer equipamento a 1.500 metros rio acima ou abaixo da barragem. A multa pode chegar a R$ 15 mil, dependendo do tipo de infração.

    Leia tudo sobre: piracema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG