ANP vai apurar vazamento de óleo da Chevron, diz Lobão

Ministro de Minas e Energia afirmou que agência vai "aplicar os corretivos de acordo com a lei"

AE |

selo

Divulgação
Navios de apoio usando barreiras para recolhimento do óleo na Bacia de Campos
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje (17) que a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) vai apurar o caso do vazamento da Chevron no Rio de Janeiro e "aplicar os corretivos de acordo com a lei". "Se a Chevron não está assumindo o papel dela, mais severamente punida ela será", disse.

Ontem, a ANP informou que teve início processo de cimentação no poço 9-FR-50DP-RJS, localizado no Campo de Frade, e que abriu processo administrativo para a investigação do incidente.

A agência disse que mantém uma equipe de técnicos no Centro de Monitoramento da Chevron desde que foi informada sobre o surgimento da mancha, no dia 8, pela concessionária.

Leia mais: Vazamento na Bacia de Campos pode ser 10 vezes pior que o divulgado

    Leia tudo sobre: ECONOMICOECONOMIA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG