Alckmin cria departamento de economia verde

Ao receber vice-premiê britânico, Alckmin anuncia criação de área voltada para o desenvolvimento sustentável

Nara Alves, iG São Paulo |

AE
Vice-premiê do Reino Unido, Nick Clegg, durante encontro com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin: incentivo ao desenvolvimento sustentável
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou nesta terça-feira (21) que criará um departamento específico para a chamada economia verde, voltada para o desenvolvimento sustentável. A nova área ficará subordinada à secretaria de Meio Ambiente, comandada por Bruno Covas (PSDB), cotado para disputar a prefeitura de São Paulo em 2012 com apoio de Alckmin.

O anúncio foi feito por Alckmin após café da manhã com o vice-premiê britânico, Nick Clegg , no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Os dois participaram da abertura de um encontro sobre economia verde, onde foram apresentadas soluções de baixo carbono criadas por empresas e instituições dos dois países.

“Teremos na secretaria do Meio Ambiente toda a estrutura, com crédito da Caixa de Desenvolvimento para incentivo à pesquisa e redução da carga tributária”, afirmou Alckmin. Para o governador, São Paulo pode servir de modelo para outros países. Ele ressaltou a produção de energia verde a partir do etanol e previu que, dentro de cinco ou seis anos, o Estado será “um dos grandes produtores de petróleo e gás através da Bacia de Santos e da descoberta do pré-sal”.

O governador paulista não descartou a possibilidade de São Paulo contar com o apoio financeiro do banco verde para “os investimentos necessários para pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias”. O banco verde é uma instituição britânica de investimentos criada em abril que se concentra em áreas como energia eólica na plataforma continental, tratamento de lixo e eficiência energética não residencial.

    Leia tudo sobre: economia verdegeraldo alckminsão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG