Al Gore vê com otimismo Cúpula sobre Mudança Climática

Para o Nobel da Paz, mundo conta com as tecnologias necessárias para reduzir a poluição

AFP |

Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos e Prêmio Nobel da Paz em 2007, se disse otimista nesta segunda-feira (4) sobre os progressos que poderão ocorrer na Cúpula sobre Mudanças Climáticas de Cancún, já que o mundo conta com as tecnologias necessárias para reduzir a poluição.

"Sou um dos que estão otimistas sobre a reunião de Cancún...", revelou Al Gore ao participar na Cidade do México de uma reunião para discutir as chamadas "tecnologias verdes".

"Vejam todos os progressos que obtivemos globalmente, no mundo dos negócios, por exemplo, quantos empresários trabalham na busca de mudanças para se reduzir as emissões de CO2 e de outros poluentes".

O ex-vice-presidente americano, que recebeu o Nobel da Paz por seu trabalho ambiental, admitiu que a crise econômica mundial é uma preocupação constante no mundo empresarial, mas acredita que o setor privado manterá seu compromisso com a ecologia e, inclusive, poderá traçar o caminho a seguir.

"Em muitos lugares, de muitas formas, a comunidade empresarial está agora mais adiantada (no combate à mudança climática) que os políticos, e isto ocorre particularmente nos Estados Unidos e em outros países" desenvolvidos, destacou Gore.

Além de Al Gore, o encontro de hoje teve representantes de multinacionais como Nestle, Cemex, Volvo, General Motors, Bimbo e Pepsico. Da reunião sairá uma série de propostas do setor privado para a Cúpula de Cancún.

    Leia tudo sobre: al goremudança climática

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG