Acidente com robô aumenta fluxo do vazamento no Golfo

Colisão causou a retirada temporária da cúpula de contenção, o que aumentará a quantidade de petróleo no mar

iG São Paulo |

© AP
Imagem submarina mostra aumento do fluxo de petróleo no fundo do Golfo do México
Um acidente com um robô submarino no dispositivo de coleta do vazamento da Deepwater Horizon causou mais um revés nos esforços de limpeza do vazamento: depois de uma colisão. os técnicos foram obrigados a retirar a cúpula de contenção que estava coletando o óleo do poço danificado, para evitar danos. O dispositivo está no fundo do mar do Golfo do México, a uma profundidade de 1500 metros.

A ideia é que ela seja recolocada o mais rápido possível, mas o porta-voz da BP Bill Savin afirmou que não havia previsão de quanto isso aconteria.

Mortes
Duas pessoas que trabalhavam nas equipes de limpeza do vazamento morreram em acidentes distintos, informaram hoje fontes oficiais.

Acompanhe a evolução do vazamento de petróleo dia a dia no infográfico do iG

O comandante da Guarda Costeira, Thad Allen, responsável pela coordenação das tarefas de contenção do derramamento, confirmou em sua entrevista coletiva diária as duas mortes, mas n o revelou a identidade das vítimas.

Segundo ele, uma pessoa morreu em um acidente em uma piscina e a outra em um navio que armazena o petróleo recolhido do mar. Porém, Allen não deu mais detalhes. Enquanto isso, as operações para resgatar o petróleo à superfície continuam.

(Com informações da EFE e AP) 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG