Cerca de 140 baleias encalhadas morrem na Nova Zelândia

Por AP |

compartilhe

Tamanho do texto

198 baleias encalharam em uma região considerada como armadilha natural; baleias se confundem com as águas rasas

AP

Funcionário do departamento de conservação ajuda baleia encalhada na Nova Zelândia; local é considerado armadilha natural, por causa das águas rasas
AP
Funcionário do departamento de conservação ajuda baleia encalhada na Nova Zelândia; local é considerado armadilha natural, por causa das águas rasas

Cerca de 140 baleias-piloto que encalharam em um trecho remoto da praia de Nova Zelândia já morreram, mas os trabalhadores e voluntários de conservação estão esperando que as outras 60 restantes sobrevivam depois que eles conseguiram devolvê-las ao mar, disse um funcionário.

A geografia de Farewell Spit, em South Island parece tramar contra as baleias, que sempre encalham na região. O encalhe de 198 baleias nesta sexta-feira (13) foi um dos maiores dos últimos anos e levou 80 funcionários e voluntários para ajudar. No final deste sábado, 140 baleias já haviam morrido, de acordo com informações do gerente do departamento de conservação da área, Andrew Lamason.

Andrew disse que os trabalhadores e voluntários trabalharam durante todo o dia para manter as baleias sobreviventes hidratadas e cobertas de água antes de devolvê-las ao mar durante a maré alta da noite de sábado.

"Nós tivemos uma boa equipe de voluntários, e pessoas de todas as partes do país desejam vir para nos ajudar", disse Lamason.

Lamason disse que a escala de trabalho para resolver o problema foi difícil para os ajudantes, tanto no sentido físico como emocional.

"É muito triste, eles são animais muito inteligentes", disse ele. "A visão pragmática é que isso é parte da natureza."

O foco agora está voltado para as baleias mortas, com o objetivo de lidar com suas carcaças. Lamason acrescentou que, embora os últimos ajudantes normalmente têm enterrado as baleias mortas na areia, ele não tem certeza de como farão nessa vez.

Ele disse que o departamento havia feito experiências em mover carcaças para a água, já que há a vantagem de oferecer alimento para outras criaturas do mar.

Especialistas descrevem Farewell Spit, localizado na esquina noroeste da Ilha do Sul, como uma armadilha para as baleias por causa da forma de como as águas rasas parecem confundir a capacidade de locomoção delas. As baleias-piloto têm em média seis metros de comprimento.

Leia tudo sobre: meio ambientebaleias

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas