Foram listados ainda peixe gourami fissurado em chocolate Kit Kat, em Londres, e tigresa que adotou porquinhos na Tailândia

A orangotango fêmea Tori era um dos animais favoritos do zoológico Taru Jurugu, na Indonésia. E o motivo era sua incrível semelhança com o ser humano, não apenas pelo DNA 97% igual, mas por ter adquirido o vício em nicotina.

Ela aprendeu a fumar por influência dos visitantes, que jogavam bitucas em sua jaula e se divertiam ao ver a orangotango segurar o cigarro entre os dedos e tragar com tranquilidade, soltando a fumaça pelo nariz. Tori estava tão viciada que ao avistar um humano colocava dois dedos na frente da boca, imitando o movimento de fumar, e jogava objetos contra as grades, caso não tivesse o "pedido" atendido.

Em 2012, por ação de ativistas, ela foi isolada para iniciar sua desintoxicação. Com a ajuda do Centro de Proteção aos Orangotangos (COP) de Bornéu, a macaquinha de 15 anos foi transferida com seu parceiro para uma ilha pequena a fim de se livrar de vez do cigarro. Confira essa e outras histórias intrigantes sobre comportamentos animais inusitados.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.