ONGs repudiam descaso com parques de SP

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

ONG afirma que o 144 milhões resultantes de compensação ambiental não estão sendo bem utilizados

Agência Estado

A Rede de ONGs da Mata Atlântica, que reúne mais de 300 organizações, divulgou nesta terça-feira, 03, carta de "repúdio ao descaso da Secretaria de Estado do Meio Ambiente de São Paulo com as unidades de conservação".

O protesto foi motivado por reportagens do Estado, de 25 de agosto, sobre a situação de abandono dos parques em contraste com uma sobra em caixa de mais de R$ 144 milhões resultantes de compensação ambiental.

Para as ONGs, "as unidades de conservação estão sucumbindo" e não há "compromisso com a conservação ambiental, do patrimônio natural e do bem-estar das populações que vivem nessas áreas ou em seu entorno". Elas pedem um plano de utilização dos recursos e que a secretaria apresente, em um mês, "um plano operacional demonstrando as medidas concretas que serão tomadas para corrigir as deficiências apuradas pelo jornal".

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia também: 

Mais da metade dos parques nacionais ainda estão irregulares

Sem estrutura, 21% de parques e unidades de conservação do Brasil estão fechados

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas