O filhote foi descrito como saudável e vibrante, mas deve ainda passar por novos exames

BBC

O panda gigante é uma espécie muito ameaçada e de reprodução difícil
AP
O panda gigante é uma espécie muito ameaçada e de reprodução difícil


O panda, nascido na sexta-feira, pesa apenas 136 gramas e ainda apresenta a cor rosada com pelagem rala branca, sem as manchas características do animal adulto. O filhote ainda nem abriu os olhos.

Mas, segundo os funcionários do zoológico americano, o panda apresenta uma saúde "excelente" com batimentos cardíacos estáveis, pulmões funcionando e boa digestão de alimentos.

"Todas as características externas pareciam perfeitamente nomais, então o filhote foi descrito como vibrante, saudável e ativo", afirmou a porta-voz do zoológico Pamela Baker-Masson à agência de notícias Associated Press.

Além dos exames, os veterinários também recolheram uma amostra de DNA para determinar quem é o pai do filhote.

O panda é filho de Mei Xiang, que teve outro filhote, mas este nasceu morto. A panda já teve outro filhote, em 2005.

O panda gigante é uma espécie muito ameaçada e sua reprodução é difícil. Um filhote que nasceu em 2012 em Washington morreu depois de apenas seis dias de vida.

Desta vez, a fêmea Mei Xiang passou por uma inseminação artificial com esperma doado por Tian Tian, um macho que vive no mesmo zoológico na capital americana e de um panda do zoológico de San Diego chamado Gao Gao.

Os funcionários do zoológico vão examinar o filhote novamente na terça-feira. Mas, o sexo do panda só será descoberto dentro de duas ou três semanas.

Leia também:

Panda gigante tem gêmeos na China

Programa de reprodução em cativeiro visa salvar espécies em extinção

Viena exibe panda nascido em rara procriação natural

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.