Em protesto, ativistas do Greenpeace escalam edifício mais alto de Londres

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestantes encararam 308 metros de altura para protestar contra a exploração de petróleo no Ártico

BBC

Seis ativistas do Greenpeace encararam 308 metros de altura e ventos fortes para protestar contra a exploração de petróleo no Ártico.

O local escolhido foi o Shard, o edifício mais alto de Londres e da Europa Ocidental. A subida demorou cerca de 15 horas para ser concluída.

Leia também: Ativistas do Greenpeace escalam plataforma de petróleo russa no Ártico

No topo do prédio, as ativistas abriram uma bandeira com a frase "Salvem o Ártico". Quem não gostou do protesto foram os turistas, impedidos de apreciar de cima do Shard uma das mais belas vistas de Londres.

Assista ao vídeo:


Leia mais notícias de meio ambiente

Leia tudo sobre: geral

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas