Felina aceitou amamentar cachorrinho recém-nascido junto com sua ninhada

A gata Lurleen adotou o pequeno pit bull Noland quando ele tinha apenas um dia de vida
AP
A gata Lurleen adotou o pequeno pit bull Noland quando ele tinha apenas um dia de vida

Uma gata recém-parida adotou, além de seus quatro gatinhos, um filhote inusitado: um pit-bull de uma semana de vida, em Cleveland, nos Estados Unidos.

O cãozinho, batizado de Noland, foi deixado em um abrigo de animais da cidade na semana passada, e a gata Lurleen rapidamente tomou para si a responsabilidade de amamentá-lo, segundo Sharon Harvey, da Liga de Proteção dos Animais da cidade.

Veja outros casos de adoção de animais:
Cadela russa adota filhotes órfãos de tigre siberiano
Macaco adota gato em floresta na Indonésia
Vídeo: Ganso 'adota' cadela como mãe
Cadela adota porquinho rejeitado na Espanha

A equipe do abrigo decidiu deixar Noland com a gata e sua ninhada porque alimentar filhotes com mamadeira nem sempre funciona.

Mas como pit bulls crescem rápido, o abrigo já está pensando em uma nova estratégia para alimentá-lo até que o cachorrinho esteja pronto para adoção.

Noland dorme com filhote do Lurleen: melhor uma ama-de-leite de outra espécie do que mamadeira
AP
Noland dorme com filhote do Lurleen: melhor uma ama-de-leite de outra espécie do que mamadeira

(Com informações da AP)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.