Baleia encalha e morre em praia de Iguape no litoral de São Paulo

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Baleia-de-bryde macho de 13 metros de comprimento encalhou na praia da Barra do Ribeiro na segunda-feira

Agência Estado

Uma baleia com mais de 13 metros de comprimento encalhou e morreu na Praia da Barra do Ribeira, em Iguape, no litoral sul de São Paulo. O animal, um macho da espécie Balaenoptera edeni ou baleia-de-bryde, considerada a menos conhecida das grandes baleias, foi encontrada por pescadores na manhã de segunda-feira, mas só nesta quinta-feira, 9, o fato foi divulgado pela prefeitura local. Uma equipe do Instituto Chico Mendes (ICMBio) esteve na cidade para pesquisar o espécime.

Leia:
Por que as baleias encalham
Crânio de baleia achado em Iguape tem quase 2 mil anos
Baleia encalhada na Nova Zelândia prova que espécie raríssima existe

De acordo com biólogos do Projeto Boto Cinza do Instituto de Pesquisas de Cananeia (Ipec), o mamífero aparentava estar bem nutrido e não tinha sinais de doenças nem ferimentos profundos. Amostras de gordura, músculos, barbatanas e outros órgãos foram coletados para análise. Funcionários da prefeitura usaram uma retroescavadeira para retirar o animal da água. A baleia foi enterrada num trecho da praia. De acordo com os biólogos, as baleias são animais migratórios e se deslocam no inverno para se alimentar, visando a reprodução no verão.

Na área em que ocorreu o encalhe, há bancos de areia formados pelo movimento intenso das marés nessa parte da costa. A região coincide com a foz natural do rio Ribeira de Iguape. No final do ano passado, pesquisadores resgataram um crânio e vértebras de uma baleia azul enterrados na Praia do Leste, na mesma região. Os exames mostraram que o fóssil tinha cerca de dois mil anos.

Leia tudo sobre: baleiaencalhe

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas