Programa tenta evitar extinção de espécies 'feias'

Projeto da Sociedade Zoológica de Londres pretende focar na preservação de animais não tão 'adoráveis' como o urso panda, os elefantes ou os tigres

BBC |

BBC

Animais que costumam alcançar fama mundial por estar sob ameaça, como pandas, gorilas, tigres e elefantes, tendem a ser esteticamente agradáveis, e até mesmo provocar suspiros. Eles acabam sendo privilegiados na alocação de verbas de programas para garantir a manutenção de suas espécies evitando a extinção.

Leia mais:
Cientistas desvendam mistérios de mamífero que põe ovos
Missão tenta salvar gorilas ameaçados em meio a conflito no Congo
Instituto lista as dez novas espécies mais 'bizarras' do mundo

Mas os cientistas que estudam os animais mais raros do planeta dizem que muitas das criaturas preciosas e ameaçadas têm características físicas que, embora talvez não sejam tão adoráveis, os fazem ser únicos.

Pesquisadores do programa de Espécies de Evolução Distinta e Globalmente Ameaçadas (Edge, na sigla em inglês) da Sociedade Zoológica de Londres pretendem aumentar a conscientização sobre esses animais que também correm risco de extinção.

    Leia tudo sobre: conservaçãoanimais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG