Morre girafa que perdeu companheiras após ataque de vândalos em zoológico

De acordo com os tratadores do zoológico da Polónia, Tofik apresentava sinais de depressão e vinha recusando alimento

EFE |

EFE

A girafa Tofik, que perdeu suas duas companheiras quando vândalos as mataram literalmente de susto após atacar o zoológico polonês de Lódz, morreu nesta segunda-feira (8) de causas ainda desconhecidas após sofrer uma profunda depressão nos últimos meses.

Mesmo com a chegada de três novas girafas ao zoológico de Lódz, no centro da Polônia, Tofik parece não ter conseguido superar a falta de suas companheiras, segundo as primeiras hipóteses de seus tratadores.

Hoje mesmo será realizada uma necrópsia para determinar as causas da morte do animal, que nos últimos dias vinha recusando alimentos.

Tofik foi a única girafa que superou o estresse provocado pelos ataques que em maio passado assustaram os animais até fazê-los morrer de pânico, segundo certificaram os próprios veterinários do centro.

Leia mais:
Girafa 'vela' filhote morto e levanta discussão sobre luto de animais
Filhote de orangotango fumante nasce em zoológico na Indonésia
Morre filhote de urso panda em zoológico de Washington
Orangotango completa 50 anos em zoológico na França
Homem invade jaula de tigres em zoológico em Nova York e perde o pé

Um grupo invadiu o local já fechado em um sábado à noite e quebraram bancos, cartazes e estátuas, cujos pedaços lançaram contra as girafas.

De acordo com o zoológico, as girafas são especialmente sensíveis e precisam de um ambiente sem sobressaltos para evitar consequências tão fatais como as que acabaram com a vida das companheiras de Tofik.

    Leia tudo sobre: girafaanimaiszoológicoconservação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG