Iceberg gigante se desprende de geleira na Groenlândia

Bloco de gelo tem o dobro do tamanho da Ilha de Manhattan e desprendimento seria mais um indício do aquecimento global

AFP |

AFP

Nasa
Imagem de satélite da Nasa mostra a rachadura na Geleira Petermann

Um enorme iceberg se desprendeu de uma geleira na Groenlândia, segundo imagens de satélite da agência espacial americana Nasa, no que seria o mais recente indício dos efeitos do aquecimento global .

As imagens divulgadas nesta quarta-feira (18) mostram um bloco de gelo de cerca de 119 km², o dobro do tamanho da ilha de Manhattan (Estados Unidos), desprendendo-se da Geleira Petermann, na costa noroeste da Groenlândia. A geleira já havia perdido um iceberg com o dobro desse tamanho em 2010.

Leia mais:
Groenlândia é mais vulnerável ao aquecimento do que se pensava
Nasa monitora desprendimento de iceberg gigante na Antártida
Ano de 2010 teve recorde de derretimento na Groenlândia
Novo estudo confirma aceleração do derretimento do Ártico

A Nasa afirma que a rachadura na geleira era visível desde 2001, e que o seu satélite de observação Aqua registrou o rompimento entre 16 e 17 de julho.

O oceanógrafo Andreas Muenchow, da Universidade de Delaware, afirmou que a maior parte do desprendimiento dos icebergs ocorre a 600 metros de profundidade, onde a água é mais quente do que na superfície.

"Mas, ao contrário do que se poderia pensar, a perda deses bloco de gelo terá pouco efeito direto nos níveis do oceano, já que a plataforma de gelo flutuante entre 100 e 150 metros de espessura se encontra em águas oceânicas próximas do ponto de congelamento", explicou em seu blog icyseas.org .

Muenchow destacou que as águas do Atlântico que estão derretendo a geleira parecem estar mais quentes, segundo registros feitos até 2003.

    Leia tudo sobre: euadinamarcameioambienteoceanosclimaaquecimento global

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG