Cidade dinamarquesa desbancou concorrentes como Bristol na Inglaterra e Frankfurt na Alemanha

EFE

Canal de Nyhavn em Copenhague, na Dinamarca. Cidade sucedeu Nantes como capital ambiental da Europa
Getty Images
Canal de Nyhavn em Copenhague, na Dinamarca. Cidade sucedeu Nantes como capital ambiental da Europa

A cidade dinamarquesa Copenhague foi escolhida nesta sexta-feira (29) pela Comissão Europeia como a Capital Verde Europeia 2014, em um ato realizado na cidade espanhola de Vitória, cidade que ostenta o titulo durante este ano.

O nome da sucessora de Nantes (França), cidade se tornará a capital ambiental da Europa em 2013, foi divulgado pelo comissário europeu do Meio Ambiente, Janez Potocnik, responsável por anunciar o veredicto do júri.

Infográfico: a cidade ideal

A capital dinamarquesa venceu o prêmio que disputava com cidades como Bristol (Inglaterra) e Frankfurt (Alemanha).

Copenhague tem 1,2 milhões de habitantes e em 2010 perdeu o prêmio na edição na qual Estocolmo foi a vencedora. Entre suas propostas ambientais está chegar em 2025 com emissões zero de CO 2 à atmosfera.

Megacidades: menos 1,3 bi de toneladas de gases de efeito estufa até 2030

Além de Potocnik, o evento de escolha da Capital Verde Europeia para 2014 teve a participação da presidente do Comitê das Regiões da UE, Mercedes Bresso; o ministro de Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente, Miguel Arias Cañete; o lehendakari, Patxi López, e o prefeito de Vitoria, Javier Maroto, entre outros. 

Prefeito de Copenhagen anda de bicicleta em SP e fica com medo

Antes de ser divulgado o nome da nova "Capital Verde", López destacou que a cidade de Vitoria se transformou em uma "vitrine de sustentabilidade" para o País Basco e advertiu que neste momento de crise é preciso estabelecer que "toda política de crescimento deve ter o componente da sustentabilidade inserido em seu DNA". 

Enquanto isso, Cañete falou que a cidade escolhida deve ser uma "embaixadora do sistema sustentável" e servir de inspiração a outras localidades europeias.

A designação da nova Capital Verde Europeia encerrou um dia que começou com um ato de boas-vindas e seguiu com uma mesa-redonda com representantes de Estocolmo (Suécia) e Hamburgo (Alemanha), cidades que até agora desfrutaram, junto com Vitoria, do título de capitais verdes. Todas elas expuseram suas experiências e a vantagem competitiva que representa práticas de políticas que respeitem o meio ambiente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.