Pastores evangélicos protestam contra Ahmadinejad no Riocentro

Membros do Conselho de Pastores do Estado do Rio de Janeiro exibem cartazes na entrada da Rio+20

Valmir Moratelli iG Rio de Janeiro |

Valmir Moratelli
Pastores protestam com cartazes em punho na entrada do Riocentro

Uma manifestação de pastores evangélicos chama a atenção na entrada do pavilhão principal do Riocentro, na tarde desta sexta-feira (22). Eles criticam a presença de Mahmoud Ahmadinejad, presidente do Irã na Rio+20 e cobram a libedade religiosa naquele país.

Saiba tudo sobre a Rio+20

O pastor Alexandre Isqui, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, chegou cedo no local. “É uma mobilização para propagar a liberdade religiosa e cultural. Eles dizem que esta é a realidade do Irã, mas é mentira. O pastor Yousef Nadorkhani está condenado a morte por não ser evangélico e por difundir a fé cristã no Irã”, explica o pastor.

A manifestação é do Conselho de Pastores do Estado do Rio de Janeiro, presidida por Silas Malafaia . E acontece também, há dois dias, na porta do hotel Tulip In, em Copacabana, onde parte da delegação iraniana está hospedada na cidade.

“Entregamos a um dos integrantes da delegação nossa carta de repúdio. A ideia é que esta carta tenha chegado nas mãos de Mahmoud Ahmadinejad. Queremos a liberdade religiosa como ponto principal a ser discutido naquele país”, pede Alexandre Isqui.

    Leia tudo sobre: rio20rio+20mahmoud ahmadinejadpastores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG