Estruturas vão bombear 20 toneladas de dióxido de carbono na mata para analisar efeito do excesso do gás no ecossistema. Veja o vídeo

BBC

selo

Uma equipe de cientistas na Austrália ocupou uma floresta perto de Sydney e vai espalhar dióxido de carbono (CO 2 ) entre as árvores para analisar como o planeta pode ficar no ano de 2050.

Foram instaladas seis estruturas gigantescas de fibra de vidro bombeando 20 toneladas do gás por dia na floresta.

O objetivo é observar a floresta para se ter uma ideia já no próximo ano de como ficará o planeta dentro de 40 anos.

O dióxido de carbono está em tanques nos limites da floresta. Dos tanques saem os canos, que passam pelas árvores e chegam às seis estruturas. A equipe de cientistas vai monitorar a floresta durante a próxima década. Veja:

Leia também:
Emissões globais de CO2 atingem recorde em 2011, diz AIE
Austrália aprova imposto sobre emissões de dióxido de carbono
Emissões de dióxido de carbono terão alta de 20% até 2035
Dióxido de carbono afeta o cérebro dos peixes, alerta estudo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.