Alemanha propõe criação de agência da ONU para desenvolvimento sustentável

Chanceler alemã disse que tema precisa de uma instituição encarregada por ser de grande importância

AFP |

AP
Angela Merkel confirmou que não estará presente na Rio+20
A chefe do governo alemão, Angela Merkel, afirmou nesta quarta-feira que a ONU deveria criar uma agência especializada em desenvolvimento sustentável.

"Em vista da importância crucial de temas como o desenvolvimento sustentável ou a proteção do meio ambiente, a ONU tem que ter, na minha opinião, uma instituição encarregada do desenvolvimento sustentável", declarou a chanceler em um discurso.

A possível criação de uma agência para este fim pode ser um dos temas discutidos na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável ( Rio+20 ), que será celebrada em junho no Rio de Janeiro.

Veja a cobertura completa sobre a conferência Rio+20 , que acontece em junho

A embaixada da Alemanha em Brasília confirmou na segunda-feira que Merkel não estará presente à cúpula.

A ausência de Merkel será uma das mais sentidas no encontro, realizado entre 20 e 22 de junho, que terá como objetivo obter o compromisso dos líderes mundiais com uma nova economia para o planeta, que leve em conta a escassez de recursos naturais.

Leia mais:
Parlamento Europeu cancela ida à Rio+20
Putin e Hollande garantem presença na Rio+20
Cúpula dos Povos vai boicotar “Diálogos” da Rio+20

Até o momento, a ONU informou que espera 100 chefes de Estado e de governo, além de 50.000 participantes, incluindo representantes de movimentos sociais e empresários de todo o planeta.

Esta será a quarta cúpula de desenvolvimento sustentável convocada na história, depois da de Estocolmo em 1972, do Rio de Janeiro em 1992 e Johannesburgo em 2002.

    Leia tudo sobre: angela merkelonupnumario20rio+20

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG