Matemático russo rejeita prêmio de US$ 1 milhão

Já é a segunda homenagem que Grigori Perelman recusa por ter solucionado um enigma que datava de 1904

AFP |

O matemático russo Grigori Perelman rejeitou o prêmio de um milhão de dólares concedido pelo Instituto Clay de Matemáticas (CMI), assinalou a organização em seu site.

"O dr. Perelman nos indicou que decidiu rejeitar o prêmio de um milhão de dólares. A CMI anunciará como a recompensa será utilizada em benefício da matemática", indicou o CMI.

O excêntrico matemático já havia se ausentado de uma cerimônia em Paris organizada para premiá-lo por ter resolvido a "conjetura de Poincaré", um enigma que datava de 1904 e que durante mais de um século apaixonou os especialistas.

Justamente por resolver este problema, Perelman recebeu em 2006 a medalha Fields, considerada o Nobel das matemáticas. Outro prêmio que ele também rejeitou, sem dar explicações.

    Leia tudo sobre: matemáticapremiação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG