Maior vírus do mundo é descoberto no litoral do Chile

O megavírus tem o maior código genético de um vírus, abrigando mais de mil genes

AFP |

Divulgação
Na imagem, a comparação entre o Megavírus e o Mimivírus (topo)
Um vírus encontrado no litoral do Chile é o maior do mundo, abrigando mais de mil genes e surpreendendo os cientistas que anunciaram a descoberta nesta segunda-feira (10). O genoma do Megavirus chilensis é 6,5% maior do que o código genético do recordista anterior, o Mimivirus, isolado em 2003.

Os vírus diferem das bactérias por serem menores em sua maioria, e por não poderem se reproduzir por conta própria, necessitando penetrar em uma célula hospedeira. Mas o M. chilensis é tão grande, que ultrapassa muitas bactérias em tamanho, e é o vírus de DNA mais complexo geneticamente já descrito.

O M. chilensis foi retirado de uma amostra de água do mar recolhida perto do litoral de Las Cruces, Chile. Seu organismo hospedeiro é desconhecido.

Os vírus de DNA incluem o poxvírus e o herpes vírus, mas o M. chilensis "não parece causar nenhum mal ao ser humano", indicou Jean-Michel Claverie, do Centro Nacional para a Pesquisa Científica da França (CNRS).

O estudo foi publicado na revista americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Leia mais:
Nova técnica permite sequenciamento genético rápido e barato
Sequenciamento genético de animal marinho derruba convicções

    Leia tudo sobre: vírusdnagenoma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG