Macacos rhesus sabem quando "conhecidas" estão férteis

Estudo encontrou evidências de que machos são muito melhores em captar sinais físicos de fêmeas que eles já conhecem

The New York Times |

Getty Images
Pesquisadores acreditam que o macho não se sinta atraído apenas pelo rosto mais escuro, mas também pelo grau de escurecimento do rosto de uma fêmea quando ela ovula
Em meio a macacos rhesus, o rosto de uma fêmea fica mais escuro quando ela está ovulando e os machos captam esse sinal. Porém, alguns deles recebem a mensagem de forma mais clara do que outros.

Conforme aparece na edição online de “The Proceedings of the Royal Society B”, pesquisadores encontraram evidências experimentais de que os machos são muito melhores em captar sinais de fêmeas que eles já conhecem, em relação àquelas que lhes são estranhas.

Os cientistas testaram macacos machos soltos em Porto Rico, apresentando-lhes imagens de rostos de fêmeas durante períodos férteis e inférteis. Os machos que já conheciam as fêmeas contemplaram os rostos escurecidos por mais tempo, sugerindo que estavam entendendo a diferença. Os machos de outros grupos, que não conheciam as fêmeas, não demonstraram qualquer interesse adicional pelas fêmeas férteis (com rosto escurecido).

Os pesquisadores especulam que o macho não se sinta atraído apenas pelo rosto mais escuro, mas também pelo grau de escurecimento do rosto de uma fêmea quando ela ovula. Para fazer esse discernimento, o macho precisa conhecer a fêmea.

O principal autor do estudo, Dr. James P. Higham, estava na Universidade de Chicago quando conduziu a pesquisa, mas hoje trabalha no Centro Alemão de Primatas, em Goettingen. Ele afirmou que os seres humanos parecem enfrentar o mesmo problema quando interpretam comunicações não verbais.

“Se você não conhece a amplitude dos sinais oferecidos por um indivíduo, fica difícil saber o que eles significam”, explicou ele. “Não acho que isso já tenha sido estudado em humanos, mas é o tipo de efeito que parece intuitivo”.

    Leia tudo sobre: comportamentomacaco rhesus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG