LHC busca partícula que deu origem a toda a massa do universo

Expectativa do diretor geral do projeto é que no final de 2012 seja possível saber se bóson de Higgs existiu

Alessandro Greco, especial para o iG |

A física de partículas do século XX está baseada em um modelo que afirma que existe uma partícula, chamada bóson de Higgs, responsável por dar massa a todos as outras, como quarks, fótons e neutrinos. O grande problema é que nunca ninguém viu uma delas até hoje. Esta é uma das missões do Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês), o maior acelerador de partículas do mundo. Em conferência transmitida via internet nesta segunda-feira (25) com jornalistas de todo o mundo, o diretor geral do projeto Rolf Heuer afirmou que espera ter uma clareza maior sobre o Higgs no final de 2012.

“Está faltando ainda a partícula mais importante. O que precisamos ter em mente é que se acharmos o Higgs será uma descoberta e se não descobrirmos também será. O que podemos dizer até agora é que já excluímos a existência dele em alguns níveis. Por outro lado encontramos flutuações interessantes em outras áreas. Batizamos elas assim porque temos de ser cuidadosos para ter certeza do que estamos vendo”, explicou ele.

O LHC conta com a participação de cerca de 9000 cientistas de 580 instituições de 85 países que vem arremessando prótons, uns contra os outros, em um túnel com 27 quilômetros de circunferência a 170 metros de profundidade na fronteira entre Suíça e França. “Em relação ao ano passado aumentamos a quantidade de colisões em 20 vezes.”, afirmou Heuer. E completou: “Estamos apenas no começo. Temos apenas um ano de coleta de dados. O LHC tem ainda mais 20 anos de operação. Os jovens precisam ter um pouco de paciência. Algo irá aparecer”.

O bóson de Higgs é a única partícula do modelo padrão - no qual a física de partículas está baseada - que ainda não foi observada. É dela, porém, que vem a massa de todas as outras partículas elementares. Caso os cientistas descubram que o bóson de Higgs não exista, toda a teoria do chamado modelo padrão cairá por terra. A previsão da existência do bóson de Higgs foi feita por em 1964 pelo físico britânico Peter Higgs.

    Leia tudo sobre: LHC

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG