Magda Lombardo, professora da Unesp, afirma que geógrafo foi um dos acadêmicos que mais conheceu o Brasil

Aziz Ab'Saber morreu nesta sexta-feira (16) aos 87 anos
Reprodução USP
Aziz Ab'Saber morreu nesta sexta-feira (16) aos 87 anos
A professora da Faculdade de Geografia Magda Lombardo, da Unesp de Rio Claro, afirma que o legado do geógrafo Aziz Nacib Ab’ Saber, que morreu hoje (16) de manhã , vai persistir por muitos anos. “A produção científica dele revela uma extraordinária profundidade em todos os setores da Geografia”, disse ao iG . Magda teve Aziz como um dos orientadores de sua tese.

Segundo Magda, Ab'Saber se mostrava sempre muito preocupado com os jovens, escrevendo muitos livros didáticos sobre geografia brasileira. A professora afirma que ele ajudou a criar o conceito de cidadania dos brasileiros e que seus livros continuam muito atuais. “As imagens de satélite só vieram a confirmar o que Aziz tinha descrito em seus livros de geografia. Não mudou muita coisa, pois ele foi um dos geógrafos que mais viajou pelo pais, ele conhecia todos os rincões do Brasil”.

Leia:
Morre geógrafo Aziz Ab’Saber

Aziz Ab'Sáber faz duras críticas ao Novo Código Florestal

A professora afirma que ele reunia teoria ao conhecimento de campo. “Quando ele participou das caravanas do PT, ele explicava geografia ao Lula. Tinha a síntese de toda a geografia brasileira e mostrava que a dimensão da geografia estrapolava todas as ciências, pois é o estudo da cidadania”, disse.

Em nota, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou pesar sobre a morte do geógrafo e amigo. “Aziz Ab’Saber foi, sem dúvida, um dos maiores geógrafos que o Brasil já teve. Seu profundo conhecimento da geografia e seu compromisso inabalável com o povo brasileiro foram fonte de inspiração para todos nós”.

Lula lembrou da convivência com o acadêmico, quando ele foi consultor ambiental do Partido dos Trabalhadores “Juntos, percorremos todos os cantos do Brasil, conhecendo a diversidade do nosso país e do nosso povo. A presença do professor Aziz, com sua inteligência e sabedoria, transformou essa experiência em algo extraordinário”, afirmou em nota.

Hoje, o Partido dos Trabalhadores divulgou uma nota de pesar da morte de Ab'Saber, “um dos mais destacados intelectuais brasileiros e companheiro de primeira hora na luta por um país mais justo, democrático, soberano e sustentável.

“A lucidez de suas análises, seu espírito crítico e seu compromisso com o Brasil farão muita falta, mas seguirão presentes como exemplo de intelectual e de ser humano a ser seguido por cada um de nós”, afirma nota do PT.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.