Justiça nos EUA autoriza estudos com células-tronco embrionárias

Juiz federal reverte decisão anterior e permite uso de recursos públicos para pesquisas com células de embriões

AFP |

Uma corte federal de apelações deu sua aprovação, nesta sexta-feira (29), ao governo do presidente Barack Obama para que prossiga com o financiamento público da pesquisa com células-tronco embrionárias, que havia sido proibida, em primeira instância, em agosto.

"Os autores da ação não demonstraram ter qualquer possibilidade de ganhar", afirma, em sua decisão, a Corte de Apelações em Washington.

A pesquisa com células-tronco, muito promissora para curar inúmeras doenças graves, havia sido autorizada de novo por Barack Obama em março de 2009 depois de oito anos de proibição.

Em 23 de agosto de 2010, o juiz federal Royce Lamberth deu razão a dois cientistas e a organizações cristãs que se opuseram a esta decisão.

Leia também:

Cientistas criam olho embrionário a partir de células-tronco

Cientistas britânicos criticam opinião de juiz sobre patentes

EUA: tribunal barra fundos a pesquisa com células-tronco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG