Israel: tempestade revela estátua da época romana

Desmoronamento de falésia no sul do país trouxe à tona uma estátua de mármore de 200 quilos

AFP |

AFP
A estátua foi encontrada sem cabeça ou braços, após uma tempestade na cidade costeira de Ashkelon
A tempestade que varreu nos últimos dias a costa oriental do Mediterrâneo causou o desmoronamento de uma falésia em Ashkelon, no sul de Israel, revelando uma grande estátua de mármore da época romana, anunciou Yoli Schwartz, a porta-voz da Autoridade israelense encarregada das antiguidades.

Trata-se de uma representação de mulher, uma peça de 200 quilos e de 1,2 metro. Perdeu a cabeça e os braços, mas isso parece anterior à tempestade. A estátua se apresenta com "sandálias delicadamente esculpidas", segundo Schwartz.

A descoberta é uma das poucas boas notícias após o temporal que caiu na região durante vários dias, com ventos de mais de 100 km/h e ondas de até 12 metros, que destruíram sítios arqueológicos ao longo do litoral.

Nesta terça-feira, as autoridades haviam anunciado que as ondas arruinaram os diques que protegiam o porto israelense de Cesareia, a 50 km ao norte de Tel Aviv, colocando em perigo a célebre localidade da época romana.

    Leia tudo sobre: arqueologiaimpério romanoisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG