Índia quer construir um dos maiores telescópios solares do mundo

Equipamento ficará na da região de Ladakh, na Caxemira, e custará 32 milhões de dólares

EFE |

A Índia planeja construir um dos maiores telescópios solares do mundo, que servirá como ferramenta para o estudo da estrutura microscópica do sol, informou nesta quinta-feira uma fonte oficial.

A região de Ladakh, na Caxemira indiana, receberá o novo telescópio, de dois metros de diâmetro, cujo custo está estimado em 1,5 bilhões de rúpias (cerca de US$ 32 milhões), de acordo com a fonte, citada pela agência Ians.

"O telescópio solar ajudará a estudar a estrutura microscópica do sol e obter observações específicas", afirmou o diretor do Instituto Indiano de Astrofísica (IIA), Siraj Hassan. O centro anunciou sua intenção de financiar o projeto do chamado "Grande Telescópio Solar Nacional", além de participar de seu projeto construção e instalação.

"Quanto maior é o diâmetro e a superfície disponível para absorver a luz solar, mais raios podem ser captados por segundo, o que permite aos investigadores que acumulem informação com maior clareza e obtenham resultados precisos", explicou Hassan.

O local do telescópio, na localidade de Merak, perto de um lago, reúne as condições necessárias de longas horas de sol e boa visibilidade.

    Leia tudo sobre: índiatelescópiosastronomia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG