Homem-pássaro voa com seu traje a jato

O suíço Yves Rossy voou com pequenas asas fixadas às costas, após se jogar ao ar de a plataforma integrada a um balão

EFE |

EFE
Yves Rossy saltou de um balão e voou com pequenas asas fixadas nas costas
O piloto suíço Yves Rossy, autodenominado homem-pássaro, aterrissou nesta sexta-feira (5) são e salvo de paraquedas, na localidade suíça de Denezy, após completar um salto de um balão de ar quente a 2.400 metros do chão e completar duas piruetas com o traje.

Rossy voou com pequenas asas fixadas às costas, após se jogar ao ar de a plataforma integrada a um balão.

"Foi fantástico, o voo foi bem, salvo uma pequena preocupação ao ligar meus jatos. Pude fazer duas piruetas, estou muito contente!", disse exultante Rossy logo após chegar.

A alegria do homem-pássaro se justifica já que se trata de suas primeiras acrobacias aéreas, após há dois anos cruzar o canal da Mancha também com o traje.

Com suas piruetas, Rossy assinalou que o homem voador ganha em liberdade, pois é capaz de progredir no ar unicamente com os movimentos de seu corpo. 

    Leia tudo sobre: home-pássaro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG