Guerreiro de Terracota leva Príncipe de Astúrias

A descoberta, considerada uma das mais importantes do século XX, levou o prêmio de Ciências Sociais deste ano

AFP |

A equipe arqueológica dos Guerreiros e Cavalos de Terracota do Mausoléu de Qinshihuang em Xi'an levou o Prêmio Príncipe de Astúrias de Ciências Sociais 2010, informou o júri nesta quarta-feira.

National Geographic
Os guerreiros de Xian
Considerada uma das descobertas arqueólogicas mais importantes do século XX, os Guerreiros de Terracota, também conhecidos como Guerreiros de Xi'an, "são uma fonte de informação de extraordinária riqueza sobre a civilização chinesa", argumentou o júri.

Descobertos em 1974 e declarados Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1987, os Guerreiros de Xi'an fazem parte do mausoléu funerário de Qinshihuang (que governo de 221 a 207 a.C.), o primeiro imperador que unificou os territórios da China e fundou a dinastia Qin.


    Leia tudo sobre: guerreiros de xi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG