A Pirâmide da Lua, no México, foi palco de vários sacrifícios rituais

Pirâmide da Lua, em Teotihuacan, no México
National Geographic
Pirâmide da Lua, em Teotihuacan, no México
Na Pirâmide da Lua, na região central do México, animais e seres humanos eram rotineiramente enterrados vivos. Escavações recentes no interior da construção revelaram restos humanos e de animais -- todos provavelmente enterrados vivos ou decapitados para abençoar uma série de expansões da estrutira que começou no ano 200. Isso trouxe uma nova compreensão da arquitetura da época.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.