Filha de explorador é a mais jovem a chegar ao Polo Sul

Britânica, de 16 anos, percorreu mais de 150 quilômetros acompanhada do pai

BBC Brasil |

selo

AFP
Amelia Hempleman-Adams, de 16 anos, fez o percurso junto com o pai
Uma adolescente britânica filha de um explorador é a pessoa mais jovem a alcançar o Polo Sul.
Amelia Hempleman-Adams, de 16 anos e filha do explorador inglês David Hempleman-Adams, chegou ao Polo Sul esquiando junto com o pai.

Eles começaram a jornada em esquis a mais de 150 quilômetros do Polo Sul, onde outro explorador, Ernest Shackleton, teve que abandonar a missão em 1909.

Leia mais:
Belgas tentam quebrar recorde mundial de expedição na Antártida
Cubo de gelo gigante na Antártica ajudará na busca por matéria negra
Animais de corrida no Pólo Sul ganham reconhecimento no mapa
Há 100 anos, expedição Terra Nova partia rumo à Antártida
Caixas de uísque de explorador são recuperadas mais de um século depois


Pai e filha afirmaram que estão "eufóricos, mas cansados" depois de enfrentar temperaturas de até 50 graus negativos e passar um total de 17 noites acampando na Antártida.

"Esta expedição foi uma experiência extraordinária. Os maiores desafios foram o frio congelante, a comida seca (...) o ronco do papai", contou a adolescente.

"A melhor parte foi passar pelo que o meu pai passa em suas expedições. Foi a primeira vez que saí em expedição com ele e agora sei como é."

"Se eu farei de novo? Tenho que pensar a respeito depois de algumas noites de sono", acrescentou Amelia.

Proteção e moeda
O pai da adolescente, o explorador David Hempleman-Adams, afirmou que "Amelia foi muito bem. Estou muito orgulhoso dela".

"Esta expedição foi provavelmente a mais desafiadora. Sou muito protetor em relação a Amelia, que é minha filha mais nova."

"Uma coisa é partir em uma expedição sozinho, mas é diferente quando você está cuidando de sua filha adolescente", acrescentou.

Pai e filha, junto com uma equipe pequena, começaram a expedição a partir do ponto de onde um famoso explorador britânico, Ernest Shackleton, teve que desistir da missão ao Polo Sul em janeiro de 1909.

Amelia levou uma fotografia de Shackleton e uma moeda comemorativa daquela expedição, presentes da neta do explorador, Alexandra Shackleton.

A adolescente também fez um blog a respeito da expedição no qual descreveu as dificuldades da viagem, entre elas, avançar em meio a uma tempestade de neve.

Não é a primeira vez que David Hempleman-Adams leva uma das filhas em uma expedição. Em 2005, a irmã de Amelia, Alicia, então com 15 anos, foi a pessoa mais jovem a chegar ao Polo Norte.

    Leia tudo sobre: geral

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG