Falcon 9: teste para naves espaciais comerciais

Foguete pode ser opção para viagens espaciais mais baratas

AFP |

A empresa americana SpaceX se prepara para lançar, na sexta-feira, o primeiro voo de testes de seu foguete Falcon 9, uma prova chave para o desenvolvimento de naves espaciais comerciais.

O lançamento está previsto para ser realizado em Cabo Canaveral, na Flórida, entre as 15H00 GMT e as 19H00 GMT (12h00 e 16h00 de Brasília). Caso seja impossível proceder o lançamento, a SpaceX terá uma nova oportunidade no sábado, no mesmo horário, embora as previsões meteorológicas indiquem uma probabilidade de 60% de condições favoráveis.

"Seja qual for o resultado, esta primeira tentativa de lançamento do foguete Falcon 9 representa uma etapa chave para a SpaceX e os voos espaciais comerciais", asseguram os diretores da empresa.

Este lançamento ocorre em um momento em que o presidente americano, Barack Obama, tenta convencer um Congresso muito reticente de que foi acertada sua decisão de anular o programa Constellation, que planejava a volta dos americanos à Lua em 2010.

O presidente visitou as instalações da SpaceX em Cabo Cañaveral quando foi ao Centro Espacial Kennedy, em abril, para tentar esclarecer sua visão sobre a exploração espacial tripulada.

Preocupados em convencer o Congresso e a comunidade espacial sobre sua credibilidade, os dirigentes da SpaceX explicam que se trata do primeiro voo de testes.

"Nosso objetivo principal é recolher a maior quantidade de dados possíveis" durante o voo, destaca a SpaceX. "Estaria muito bem se pudéssemos chegar à órbita terrestre, mas ficaremos satisfeitos se só a primeira das duas fases do foguete, com nove motores, funcionar bem", acrescenta.

Se tudo sair bem, dez minutos depois do lançamento o foguete branco de 54,9 metros de altura, equivalente a um prédio de 18 andares, deveria por em órbita sua cápsula Dragon.

A SpaceX lançou seu primeiro foguete, o Falcon 1, em 2006, e conseguiu por uma carga na órbita adequada em sua quarta tentativa.

    Leia tudo sobre: voos espaciaisspaceXnasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG