FAB regulamenta como proceder em caso de OVNIs

A partir de hoje, a aparição de objetos voadores não identificados deve ser registrada nos livros do Comando da Aeronáutica

EFE |

Getty Images
Luzes estranhas no céu serão registradas nos livros do Comando da Aeronáutica
A Força Aérea Brasileira (FAB) decidiu regulamentar a forma como seus integrantes devem proceder caso avistem ou saibam da aparição de objetos voadores não identificados (OVNIs), informou hoje (10/08) nota publicada no "Diário Oficial".

De acordo com as portaria publicadas hoje e aprovada pela Aeronáutica, diante da aparição ou da notícia de que alguém tenha visto um OVNI, os oficiais devem registrar o fato nos livros do Comando da Aeronáutica, que, por sua vez, deverá elaborar um documento que será enviado ao Arquivo Nacional.

Não existe nenhum  registro oficial sobre a aparição de naves ou seres de outros planetas no Brasil, porém, durante a ditadura militar os serviços de inteligência do Estado investigaram a suposta presença de objetos voadores não identificados no céu da cidade paraense de Colares. Conhecida como "Operação Prato", a investigação aconteceu entre os anos de 1977 e 1978, mas a ocorrência de estranhos fenômenos na cidade nunca foi comprovada.

    Leia tudo sobre: FABovni'sextraterrestre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG