EUA quer estabelecer regras espaciais com China

Estados Unidos querem evitar problemas como derrubada de satélites e criar normas de conduta para eventuais crises

AFP |

Os Estados Unidos querem estabelecer regras sobre o uso do espaço, informou nesta quarta-feira o responsável do governo de Barack Obama preocupado com a possível concorrência no setor entre as duas potências.

Em 2007, a China foi uma surpresa para os americanos ao se tornar o terceiro país do mundo a derrubar um de seus próprios satélites, durante um teste inédito desde a Guerra Fria entre Washington e Moscou, 20 anos antes.

Gregory Schutle, chefe de Defesa Aeroespacial dos EUA descreveu os investimentos realizados pela china no setor como "impressionantes" e disse que, durante uma série de conversações com parceiros chineses, apresentou "normas de conduta" no assunto.

"Dissemos a eles que estávamos preocupados, especialmente em época de crise, com a possibilidade de que haja um mal-entendido entre os países que provoque uma situação imprevista, o que não seria interessante para nenhum dos países", afirmou durante uma comissão do Congresso dedicada aos relatórios da China e Estados Unidos nos assuntos de economia e segurança.

O teste chinês com o míssil anti-satélite realizado em 2007 espalhou fragmentos no espaço. O exército americano publicou, só em 2010, pelo menos 700 notificações para prevenir as colisões entre restos espaciais e satélites, incluindo o chinês.

    Leia tudo sobre: chinaespaçoeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG