Estudo comprova que vikings chegaram à América antes de espanhois

Pesquisa mostra que algumas famílias islandesas têm gene ameríndio, e que este seria originário de uma mulher trazida no ano 1000

AFP |

A primeira pessoa a viajar até a Europa, tendo nascido no continente americano, é possivelmente uma mulher que os vikings teriam levado para a Islândia há mais de mil anos, segundo um estudo realizado por cientistas espanhóis e islandeses.

Essas conclusões sustentam a teoria de que o grupo chegou ao continente americano muitos séculos antes de Cristóvão Colombo ter descoberto o Novo Mundo.

O Instituto de Pesquisas Científicas da Espanha (CSIC) informou que análises genéticas realizadas em cerca de 80 pessoas vindas de quatro famílias islandesas mostraram que os indivíduos possuíam um tipo de DNA que é apenas encontrado nos ameríndios ou pessoas nascidas na Ásia Oriental.

"Pensamos primeiramente que o DNA tinha vindo das famílias asiáticas que se estabeleceram recentemente na Islândia", declarou um pesquisador do CSIC, Carles Lalueza-Fox, citado em um comunicado do instituto publicado nesta quarta-feira.

"Mas quando as árvores genealógicas foram estudadas, descobrimos que as quatro famílias descendiam de ancestrais que viveram entre 1710 e 1740 e vinham da mesma região do sul da Islândia", acrescentou.

A linha genética descoberta, chamada de C1e, é mitocondrial, o que quer dizer que o gene foi introduzido na Islândia por uma mulher.

"Sabendo que a ilha foi virtualmente isolada a partir do século X, a hipótese mais verossímil é a de genes correspondentes de uma mulher de origem ameríndia que foi levada do continente americano pelos Vikings por volta do ano 1000", explicou Lalueza-Fox.

Os pesquisadores tiveram acesso aos dados da companhia deCODE Genetics, situada em Reykjavik.

A equipe de cientistas espera encontrar este mesmo DNA de origem ameríndia em outras pessoas provenientes da população islandesa, começando pela região situada ao redor da geleira Vatnajokull, no sul do país.

O relatório, redigido pelos cientistas do CSIC e da Universidade da Islândia, foi publicado na última edição do American Journal of Physical Anthropology.

    Leia tudo sobre: vikingsdescobrimento da américaameríndios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG