Estação espacial mudará órbita para evitar lixo espacial

Nova órbita vai permitir que objeto passe a 1,5 quilômetros de distância da estação da estação

Reuters |

EFE
Órbita da Estação Espacial Internacional será alterada em 700 metros
O comando espacial da Rússia determinou na terça-feira (26)  que a Estação Espacial Internacional modifique ligeiramente sua órbita a fim de evitar a colisão com um pedaço de lixo flutuante que seria capaz de provocar um sério dano à nave, informaram autoridades.

As autoridades determinaram que fossem disparados foguetes por 180 segundos às 8h25 (horário de Brasília) para mudar a órbita em 700 metros, informou o controle da missão em um comunicado. A nova órbita permitirá que o objeto não identificado passe a 1,5 quilômetro de distância da estação.

"Há uma chance em mil de colisão, mas decidimos esta manhã que isso era muito", afirmou uma porta-voz do controle da missão por telefone.

Três russos e três norte-americanos estão a bordo da estação, um projeto de 100 bilhões de dólares que envolve 16 países.

No ano passado, os astronautas deixaram brevemente a estação por causa da ameaça apresentada por um pedaço de lixo de apenas um centímetro de comprimento. Os especialistas afirmam que os objetos pequenos podem danificar gravemente uma aeronave, pois viajam em torno de 7,5 quilômetros por segundo.

    Leia tudo sobre: MUNDOCIENCIAESTACAOLIXO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG