Espécie de aranha saltadora enxerga desfocado antes de pular

Estudo descobriu técnica complexa usada pelos animais para alcançar com precisão suas presas

Alessandro Greco, especial para o iG |

Science/AAAS
Pesquisadores descobriram sistema complexo usado pelas aranhas saltadoras para que elas pulem com precisão ao capturar suas presas
Para saber que distância deve pular, a aranha saltadora ( Hasarius adansoni ) usa um sistema que era conhecido, até então, apenas em humanos. A “técnica”, que consiste em comparar uma versão da imagem desfocada com outra bem focada, foi descoberta por pesquisadores japoneses e descrita nesta quinta-feira (26) no periódico científico Science. As aranhas saltadoras não produzem teias para capturar suas presas e os saltos precisos são determinantes para o sucesso da caça.

De acordo com os pesquisadores, o mais surpreendente, no entanto, não é só a “técnica” usada, mas também a forma como a espécie de inseto faz isto. A equipe de pesquisadores analisou as quatro camadas da retina do olho principal da aranha saltadora – ela tem quatro pares de olhos, sendo que só o principal olha para frente. Ao descobrir que a segunda camada da retina (L2) não focava verde, eles concluíram que qualquer tipo de luz que contivesse verde (inclusive a luz do dia) fazia com que partes do olho recebessem imagens focadas e outras desfocadas.

A partir destes dados, os pesquisadores levantaram a hipótese de que era esta característica que permitia às aranhas calcular a distância. Eles então, colocaram os insetos sob diferentes cores de luz. As aranhas que foram banhadas por luz verde fizeram pulos precisos enquanto que as que estavam embaixo de luz vermelha quase sempre davam saltos mais curtos do que o que deveriam.

“Ficamos muito surpresos com os resultados do estudo. Primeiro com a existência de um pigmento sensível ao verde na camada L2, pois a cor azul é que é focada em L2. Isto significa que a L2 sempre enxerga desfocado, pois o verde está sempre fora de foco nela. E, em geral, para formar uma imagem é importante obtê-la focada. Esta descoberta foi surpreendente e estranha. Agora descobrir que as aranhas saltadoras usam este fator negativo para medir a distância”, explicaram ao iG Akihisa Terakita e Mitsumasa Koyanagi, dois dos autores da pesquisa, ambos da Universidade da Cidade de Osaka no Japão.

Leia mais:
Por que veados ficam paralisados por faróis de carros
Focas usam seus bigodes para achar comida dentro da água
Marsupial vesgo de zoológico alemão vira celebridade

O trabalho foi o primeiro a mostrar o uso e a existência desta característica em animais. “Acreditamos que outras espécies de aranhas saltadoras também usam o mesmo sistema de desfocar imagens, pois as saltadoras geralmente tem a mesma estrutura na retina, o que permite esta habilidade. Porém, esta estrutura é única de aranhas saltadoras, portanto atualmente acreditamos que não há outros animais que usem o mesmo sistema para medir distância”, afirmaram Terakita e Koyanagi.

    Leia tudo sobre: aranha saltadoraanimaisvisão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG