Escherichia coli: uma vilã que salva milhões de vidas

Bactéria responsável por intoxicações na Europa é um dos organismos mais estudados pelos cientistas e fonte de muitos medicamentos

Alessandro Greco, especial para o iG |

Getty Images
Cultura de Escherchia coli: bactéria é amplamente usada em laboratórios de todo o mundo

Dizem que o cachorro é o melhor amigo do homem, mas ele tem um competidor à altura: a bactéria Escherichia coli , ultimamente vem sido muito mal falada por ter causado a epidemia de intoxicação na Europa que já matou 30 pessoas e contaminou quase três mil pessoas na Europa . Apesar de sua má fama no momento, o microorganismo é uma espécie de faz-tudo no mundo da biotecnologia, desde fazendo parte de sequenciamento de genomas até sendo parte no desenvolvimento de remédios.

“A E. coli começou a ser utilizada em pesquisa no início do século XX justamente porque é basicamente inofensiva aos humanos. Ela vive inclusive no intestino humano. O que acontece é que algumas linhagens dela podem ter atividade patogênica”, explicou ao iG Carlos Menck, professor titular do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP. Ao longo do século XX, inclusive, a E. coli salvou milhões de vidas humanas. “Diversos fármacos, entre eles a insulina, são feitos usando o plasmídio [uma parte do genoma] da E. coli ”, completou ele.

Os fármacos são apenas um dentre as centenas de exemplos do uso da E. coli . Basicamente toda a biologia molecular é baseada nela. “Não sei se tem algum laboratório desta área no mundo que não a use. Na verdade, duvido que exista um. Muita gente, aliás, ganhou o prêmio Nobel com trabalhos que utilizam a E. coli .”, afirmou Menck.

O nome esquisito  da bactéria é uma homenagem ao seu descobridor, o pediatra alemão Theodor Escherich (1857-1911). A descoberta foi feita em 1885, mas a bactéria ganhou seu nome de batismo apenas em 1919, oito anos após a morte de seu descobridor.

    Leia tudo sobre: escherichia colibactéria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG