Empresa que quer levar turistas ao espaço adia testes por mau tempo

Dinamarqueses vão lançar foguete experimental e pretendem fazer voos suborbitais a baixo custo

EFE |

Os responsáveis pela companhia dinamarquesa Copenhagen Suborbitals adiaram para sábado, por conta de mau tempo, o lançamento de um foguete experimental que pretende ser o primeiro de vários testes para poder enviar passageiros ao espaço a baixo custo no futuro.

Segundo a empresa, há 50% de chance de conseguir realizar no sábado o lançamento, que será feito por uma plataforma flutuante na região da ilha de Bornholm.

A plataforma, transportada a partir de Copenhague por um submarino criado por um dos engenheiros da empresa, está na região desde terça-feira, e permanecerá no local até o dia 17, caso o mau tempo obrigue novos adiamentos.

Está previsto que o foguete, que levará um boneco como o que é usado em testes de segurança de automóveis, alcance uma altura máxima de 30 quilômetros, para depois descer de forma controlada em paraquedas, caso não exploda antes.

A Copenhagen Suborbitals foi criada há dois anos e meio por Peter Madsen e Kristian von Bengtson, à frente de uma equipe de voluntários, com um modesto apoio logístico da Marinha dinamarquesa, e, graças a doações de pessoas e empresas, reuniu os 50 mil euros necessários para sustentar o ambicioso projeto.

Caso os testes sejam realizados com sucesso, o objetivo é poder enviar foguetes tripulados a cerca de 140 quilômetros de altura em um prazo entre quatro e dez anos. O primeiro dos foguetes deve ser pilotado pelo próprio Madsen, que se declara pronto para correr o risco de se tornar o primeiro dinamarquês a chegar ao espaço.

    Leia tudo sobre: voos suborbitaisdinamarcaespaço

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG