Criador de supercomputador Watson recebe "Nobel" da informática

Leslie Valiant desenvolveu o computador que venceu humanos no programa de TV "Jeopardy!"

AFP |

Reprodução/ Harvard
Leslie Valiant, professor de Harvard, foi laureado por sua contribuição na área da inteligência artificial
O prêmio Turing, equivalente ao Nobel para o mundo da informática, foi atribuído este ano a um proferssor da Universidade de Harvard, cujas pesquisas contribuíram para a criação do " supercomputador " que recentemente venceu o programa de televisão Jeopardy!.

Leslie Valiant, professor de informática e matemáticas aplicadas, foi premiado por suas "contribuições à evolução da teoria da informática cognitiva e mais ampliamente à teoria informática", anunciou a 'Association for Computing Machinery' (ACM), uma organização americana que apoia as pesquisas na área.

O prêmio Turing, que tem este nome em homenagem ao matemático britânico Alan M. Turing, está dotado de 250.000 dólares e é patrocinado pelas empresa Intel e Google.

"As descobertas de Leslie Valiant nos últimos 30 anos forneceram uma base teórica para o progresso alcançado na área de inteligência artificial", declarou o presidente da ACM, Alain Chesnais.

"Seu conhecimento profundo de informática, matemáticas e teoria cognitiva, combinado a outras técnicas, permitiram construir formas modernas de aprendizado e comunicação para a máquina, como aconteceu com o supercomputador Watson da IBM", completou Chesnais.

Substituindo ou auxiliando, computadores se aproximam dos humanos

O Watson venceu com facilidade dois campeões do programa de conhecimentos gerais Jeopardy!, demonstrando de maneira expressiva o potencial da inteligência artificial.

    Leia tudo sobre: EUAtecnologiainformáticaprêmio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG