Cosmonautas russos realizam experimentos na superfície da ISS

Pela segunda vez em menos de um mês cosmonautas saíram para o espaço, desta vez para instalar dois experimentos no módulo "Zvezda"

EFE |

Os cosmonautas russos Oleg Skrípochka e Dmitri Kondrátiev realizaram nesta quarta-feira com sucesso vários experimentos científicos na plataforma orbital do módulo russo "Zvezda" da Estação Espacial Internacional (ISS, da sigla em inglês), informou a agência espacial americana.

Os cosmonautas completaram uma saída no espaço de 4 horas e 51 minutos, que começou às 11h15 do horário de Brasília, com 15 minutos de atraso, mas na qual foi possível completar todas as tarefas previstas.

Pela segunda vez em menos de um mês os cosmonautas saíram para o espaço, desta vez para instalar dois experimentos no módulo "Zvezda", um relacionado com a medição dos terremotos e outro com a detecção de raios gama.

Skrípochka e Kondrátiev recolheram amostras de materiais expostos ao espaço, como parte de uma série de experimentos na busca de melhores materiais para realizar naves de longa duração, e desmontaram uma pequena plataforma usada como apoio nas saídas anteriores.

O programa inicial da caminhada incluía o lançamento manual pelos cosmonautas do microsatélite "Kedr", mas este foi adiado para depois do mês de abril, quando completam 50 anos do voo de Yuri Gagarin, o primeiro homem que saiu ao espaço.

O aparelho, de 30 quilos, transmitirá 25 frases de saudação em 15 idiomas, fotografias da Terra e mensagens de rádio sobre o 50º aniversário da conquista de Gagarin

    Leia tudo sobre: espaçoiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG