Cosmonauta russo diz que o espaço tem um cheiro inconfundível

Para Alexander Skvortsov, o espaço tem cheiro não muito agradável e único

EFE |

O cosmonauta russo Alexander Skvortsov, comandante da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), afirmou hoje (30) que o espaço tem um cheiro inconfundível. "Sim, o espaço tem um cheiro próprio. Não tem como explicar, é muito específico", disse Skvortsov, em resposta a uma das perguntas enviadas a ele da Terra, segundo a agência oficial "RIA Novosti".

Skvortsov explicou que o cheiro do espaço "não é agradável" e, de tão peculiar, "não se pode confundi-lo com nenhum outro cheiro". O cosmonauta contou que, quando chegou à ISS a bordo de uma Soyuz, o astronauta americano Jeff Williams disse: "Aí está, esse é o cheiro do espaço".

"Acho que, certamente, aquilo vinha dos restos da evaporação do combustível do motor. Não sei se há cheiro no espaço distante, mas ao redor da ISS com certeza tem cheiro", comentou. O russo comparou o cheiro com aquele de "quando uma criança bate uma pedra contra outra".

    Leia tudo sobre: espaçoiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG