Correios da Suíça vão compensar emissão de CO2

Companhia afirma que pretende reduzir 15 mil toneladas de dióxido de carbono a partir do uso de veículos elétricos pelos carteiros

AFP |

A companhia de correios suíça, la Poste, anunciou em comunicado, nesta quarta-feira (22), que vai compensar sua emissão de CO 2 , que tem origem no envio de cartas no país, a partir do dia 1 de abril, numa tentativa de proteger o meio ambiente .

As atividades dos correios geram cerca de 50 mil toneladas de CO 2 que serão compensados a cada ano por la Poste mediante vários projetos, entre eles, o uso progressivo de veículos elétricos pelos carteiros e a utilização crescente do transporte ferroviário.

A iniciativa permitirá a redução de 15 mil toneladas de emissões de CO 2 , calculou.

Além disso, a companhia prevê a instalação de painéis fotovoltaicos nos telhados de 20 edifícios que abrigam seus escritórios.

Segundo um porta-voz da companhia, esta compensação custará entre 700 mil e 2,5 milhões de francos suíços (entre 583 mil e 2 milhões de euros) por ano.

    Leia tudo sobre: correios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG