Corpos de militares mortos na Antártida chegam ao Rio

Militares serão homenageados pela Marinha e pela presidência da República

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Márcia Foletto / Agência O Globo
Corpos de militares mortos na Antárdida chegaram na manhã desta terça-feira (28) ao Rio
O avião com os corpos dos dois militares brasileiros mortos no incêndio ocorrido na Estação Antártica Comandante Ferraz chegou por volta das 8h50 desta terça-feira (28) à Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave C-130 Hércules decolou da cidade de Punta Arenas, no Chile, e a viagem durou cerca de 8 horas.

Os militares falecidos vão ser homenageados, ainda nesta manhã, em uma cerimônia que será presidida pelo vice-presidente da República, Michel Temer. No ato, o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o primeiro-sargento Robertos Lopes dos Santos serão promovidos por bravura ao posto de segundo-tenente.

Além disso, eles irão receber a Ordem do Mériito da Defesa, da Presidência da República, e a Medalha Naval de Serviços Distintos, da Marinha. A cerimônia também terá as presenças dos ministros da Defesa, Celso Amorim, e dos comandantes da Marinha e da Aeronáutica. Após a homenagem os corpos serão levados para o Instituto Médico Legal (IML).

Leia também:
Nova base não ficaria pronta antes de três anos, diz arquiteta
Falha no sistema elétrico pode ter causado incêndio, diz embaixador
Acidente em base na Antártida expõe crise do programa brasileiro
Pesquisadores e militares que estavam na Antártida voltam ao Brasil
Chile oferece ajuda na reconstrução da base na Antártica
70% da estação na Antártida foi destruída pelo fogo, diz Marinha
Acidente expõe crise do programa brasileiro, diz pesquisador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG