Coreia do Sul perde contato com foguete 2 minutos após lançamento

A Agência Espacial da Coreia do Sul (Cari) deve dar mais informações sobre o caso ainda nesta quinta

EFE |

Seul - A Coreia do Sul lançou nesta quinta-feira seu foguete espacial Naro-1 (KSLV-1) para pôr em órbita um satélite científico, mas dois minutos depois os controladores em terra perderam a comunicação com o aparelho. O foguete foi lançado desde a base espacial da ilha de Naro, na província de Jeolla, cerca de 485 quilômetros ao sul de Seul, às 17h01 pelo horário local (5h01 em Brasília).

No entanto, 137 segundos após a decolagem, os controladores do centro espacial perderam a comunicação com o foguete, logo depois que o aparelho superou a velocidade do som, segundo informaram os cientistas. A Agência Espacial da Coreia do Sul (Cari) deve dar mais informações sobre o caso ainda nesta quinta.

A sequência do lançamento, que em primeiro momento parecia transcorrer com normalidade, devia ajudar a separar da primeira fase do foguete quatro minutos depois da decolagem, enquanto o satélite devia separar-se cinco minutos mais tarde, a cerca de 302 quilômetros de altura. Em princípio estava previsto que o Naro-1 fosse lançado na quarta-feira, mas a decolagem teve que ser adiada devido a um problema no sistema de prevenção de incêndios na plataforma de lançamento.

Em agosto do ano passado, a Coreia do Sul tentou pôr em órbita um satélite com seu primeiro foguete de fabricação própria, mas o aparelho não chegou a entrar em órbita. Os especialistas consideraram que o teste de 2009 teve êxito parcial, já que o foguete, fabricado em colaboração com a Rússia, funcionou sem problemas apesar de o satélite não ter chegado a orbitar.

    Leia tudo sobre: iGcoreia do sulsatélite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG