Como se diagnostica um tornado?

Como se calcula a força de um tornado

The New York Times |

Getty Images
A força dos tornados pode ser medida numa escala que vai de 0 a 5
Quando um tornado é reportado nos Estados Unidos, o Serviço Nacional de Meteorologia (nos EUA) pode enviar uma equipe de investigadores para determinar a proximidade dos padrões de danos com as conseqüências de tornados anteriores. Os níveis de danos na escala Fujita, amplamente aceita, são consistentes com ventos de diferentes velocidades. A escala vai de F-0 a F-5.

Entre outras coisas, os investigadores avaliam a força de construção de prédios destruídos. A avaliação pode tomar muito tempo, dependendo de pesquisas porta a porta e in loco.

O tornado F-0 quebra troncos de árvores e danifica sinalizações; estima-se que os ventos atinjam de 64 a 115 km/h. Tornados F-1 removem coberturas de casas e viram trailers (ventos de 117 a 180 km/h). Tornados F-2 eliminam coberturas de casas de madeira e derrubam grandes árvores (de 181 a 252 km/h). Tornados F-3 eliminam paredes e telhados de casas bem-construídas e viram trens (254 a 331 km/h). Tornados F-4 destroem casas bem-construídas e lança carros (333 a 418 km/h). Tornados F-5 levantam e desintegram casas sólidas e lançam carros a mais de 100 metros (420 a 511 km/h).

A escala foi criada em 1971 pelo Dr. T. Theodore Fujita, da Universidade de Chicago, junto com Allen Pearson, diretor do que na época era o Centro Nacional de Previsão de Fortes Tempestades.

    Leia tudo sobre: tornadosmeteorologiatempestadedesastres naturais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG