Como os pelicanos aprendem a mergulhar para pegar peixes?

Pelicanos aprendem a se alimentar através de uma combinação de tentativa e erro, imitação de pássaros adultos e intuição

The New York Times |

Getty Images
Escola de pelicanos: o mergulho vertiginoso para catar peixes exige prática
Nos Estados Unidos, o Pelecanus occidentalis carolinensis e o Pelecanus occidentalis californicus mergulham em cardumes de peixes de alturas impressionantes ou flutuam na superfície da água para catar peixes. Peixes alguns metros abaixo da superfície são catados, e a água sai pelas laterais. Eles inclinam a cabeça para trás e engolem o peixe no próprio local.

Para os pelicanos mais jovens, alguma experiência precoce no mergulho para catar peixes vem durante seu tempo no ninho, relativamente longo, quando passam da alimentação de pedaços semi-digeridos de peixe regurgitados pelos generosos pais para a busca de seu próprio peixe no bico dos pais, até mesmo da goela. Os filhotes podem mergulhar até a altura do ombro para que os pais vomitem o peixe. Os pelicanos são bem alimentados no ninho de nove a 11 semanas – nessa época, eles já possuem penas e estão prontos para viverem sozinhos.

O índice de sucesso de cada mergulhada é altamente variável e depende da experiência. Pelecanus occidentalis californicus adultos trazem peixe em cerca de dois terços dos mergulhos, enquanto os mais jovens parecem ter bem mais dificuldade; menos da metade sobrevive no primeiro ano após deixar o ninho.

    Leia tudo sobre: pelicanos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG