Coliseu também encenou batalhas navais

Túneis subterrâneos do anfiteatro eram usados para a encenação de espetáculos aquáticos na arena

iG São Paulo |

Getty Images
Gravura retratando as batalhas navais em arenas romanas: reencenação de momentos históricos
A função do hipogeu, conjunto de túneis e celas subterrâneas do Coliseu, que acaba de ser aberto para a visitação de turistas , é comumente associado com as lutas de gladiadores e espetáculos de animais que fizeram a fama do anfiteatro romano.

Mas historiadores especulam que os corredores no início foram usados como canais, a fim de inundar a arena para encenações de batalhas navais, as chamadas navalia proelia , que homenageavam as conquistas militares dos imperadores de Roma. Os canais permitiriam que a água escoasse rapidamente para fora do Coliseu, permitindo que o espetáculo continuasse com outras atrações.

As batalhas estão descritas em relatos contemporâneos, como os de Suetônio e Cássio Dio, principalmente em suas descrições da inauguração do anfiteatro, no ano 80. A construção tinha sistemas de abastecimento de água e esgoto avançadíssimos para a época, mas especialistas debatem como esse sistema daria conta de encher e esvaziar a arena tão rapidamente e como ela teria sido impermeabilizada. Acredita-se que no início do Coliseu haveria um canal mais largo, em seu eixo central, que depois foi substituído pela rede subterrânea, que agora poderá ser visitada e admirada por todos. 

    Leia tudo sobre: romacoliseugladiadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG